fale conosco

54 3223.7448

54 3028.7448

silversul@silversul.com.br

Soldagem de Alumínio

Solda de alumínio de alta performance O

O alumínio pode ser soldado por diversos processos de soldagem, sendo que muitos deles utilizam metal de adição (consumíveis) na forma de eletrodo revestido, vareta ou arame eletrodo (não revestido). A AWS (American Welding Society), estabelece a norma AWS A5.10 que prescreve a especificação e os requisitos de classificação para varetas e arame eletrodo de alumínio e ligas de alumínio utilizadas nos processos de soldagem oxicombustível, com proteção gasosa (TIG, MIG) e a plasma.

LIGA BT-705
Desenvolvida para a soldagem das ligas de base tratáveis termicamente, principalmente as da série 6XXX. Possui ponto de fusão menor e fluidez melhor se comparada com as ligas de adição da série 5XXX, é menos sensível ao fissuramento da solda com metais de base da série 6XXX. Proporciona um acabamento de solda superficial mais brilhante, isto é, com menos fuligem. No entanto, não é adequada para soldar ligas de Mg, principalmente aquelas com alto teor, tais como 5083, 5086, 5456, 5182 ou 5082, devido à quantidade excessiva de siliceto de magnésio (Mg2Si) que provavelmente pode se formar na estrutura da solda, provocando um decréscimo de ductilidade e aumento de suscetibilidade à trinca. É adequada para suportar temperaturas de serviço elevadas, isto é, acima de 65ºC.

LIGAS BT-756 E BT-783
Foram desenvolvidas, inicialmente, para soldar as ligas de base da série 5XXX. A primeira delas (BT-756) é a mais usual de todas as ligas de adição em alumínio, devido a sua compatibilidade com a maioria dos metais de base, por apresentar boa resistência mecânica e possuir boa alimentabilidade quando empregada na forma de eletrodos no processo MIG. A liga BT-783 é uma boa opção para a BT-756 com resistência mecânica ligeiramente maior. Essas ligas de adição citadas contêm alto teor de magnésio (5,0%) e são indicadas todas as vezes que se deseja soldar ligas da série 5XXX entre si ou formando juntas dissimilares com as ligas tratáveis termicamente das séries 6XXX e 7XXX. Entretanto, estas ligas apresentam uma limitação importante que é a sua inadequabilidade em aplicações sob tensão, para períodos prolongados e temperaturas de serviço acima de 65ºC (por exemplo, em vasos de pressão, sistemas de tubulação, ou navios petroleiros transportando cargas aquecidas ou sujeitas à limpeza com vapor). Isto é explicado pela formação do composto Al8Mg5 nos contornos dos grãos, tornando as ligas com teor de Mg ao redor 5,0% propensas a corrosão sob tensão em determinadas condições metalúrgicas e ambientais.

LIGA BT-760
Inúmeras aplicações em alumínio, no campo da indústria química e de eletricidade, freqüentemente utilizam metal base não-ligado ou com pequenas quantidades de elemento de liga, e a soldagem das mesmas também, na maioria das vezes, requer metais de adição com composições químicas similares às do metal base. A liga BT-760 se aplica na maioria dos casos, embora contenha uma pequena quantidade de cobre.

Liga 4043

- Desenvolvido para soldagem de metais base tratados termicamente, incluindo as ligas da série 6XXX
- Baixo ponto de fusão e maior fluidez que as ligas da série 5XXX
-Baixa sensibilidade a trincas na soldagem de metais base da série 6XXX
- Uma das ligas mais utilizadas para soldagem de alumínio em geral
- Excelente acabamento quando a estética é importante
- Não recomendado para anodização

Liga 5356
- Liga para soldagem em geral das ligas da série 5XXX
- A liga mais utilizada mundialmente na soldagem de alumínio

Outras ligas disponíveis sob consulta: 1070, 1100, 2319, 4047, 5087, 5183, 5554, 5556 e 5754

Tabela


produtos

RELACIONADOS

Silversul Com. e Rep. LTDA

Rua 20 de Setembro, 1675, Sala 303
Centro, Caxias do Sul - RS - 95020-450

FALE CONOSCO

54 3223.7448

silversul@silversul.com.br